28/02/2014

NOVIDADES DE FEVEREIRO XIX

- “ A Cor do Hibisco” – Chimamanda Ngozi Adichie
“ Os limites do mundo da jovem Kambili são definidos pelos muros da luxuosa propriedade da família e pelas regras de um pai repressivo. O dia-a-dia é regulado por horários: rezar, dormir, estudar e rezar ainda mais. A sua vida é privilegiada mas o ambiente familiar é tudo menos harmonioso. O pai tem expectativas irreais para a mulher e os filhos, e pune-os severamente quando se mostram menos perfeitos.
Quando um golpe militar ameaça fazer desmoronar a Nigéria, o pai de Kambili envia-a, juntamente com o irmão, para a casa da tia. É aí, nessa casa cheia de energia e riso, que ela descobre todo um novo mundo onde os livros não são proibidos, os aromas a caril e noz-moscada impregnam o ar, e a alegria dos primos ecoa.
Esta visita vai despertá-la para a vida e o amor e acabar de vez com o silêncio sufocante que a amordaçava. Mas a sua desobediência vai ter consequências inesperadas…”
“ Uma obra sobre a ânsia pela liberdade, o amor e o ódio, e a linha ténue que separa a infância da idade adulta.”
“Uma história delicada e comovente sobre uma jovem vítima da intolerância religiosa e sobre o lado negro do Estado nigeriano.” – J. M. Coetzee

- “ Nas Asas da Memória” – Sarah Sundin
“ O major Jack Novak nunca recusou enfrentar um desafio – até que conhece a enfermeira tenente Ruth Doherty. Quando Jack vai parar ao hospital do exército depois da queda de um avião, decide que a sua missão prioritária é conquistar o coração de Ruth. Não será fácil. Não só Ruth está concentrada no seu trabalho para poder sustentar a família, como carrega um segredo vergonhoso que a impede de entregar o coração a qualquer homem. À medida que o perigo e a tensão da Segunda Guerra Mundial aumentam, Jack e Ruth irão precisar um do outro mais do que nunca. Conseguirá Jack transpor as defesas dela? Ou estarão destinados a seguir caminhos diferentes?”

- “ O Voo das Águias” – Ken Follet

O Voo das Águias é um thriller soberbo, baseado numa história verídica que se passou no contexto da revolução irania liderada por Khomeini para derrubar o regime ditatorial do Xá Reza Pahlevi. Em dezembro de 1978, dois executivos da sucursal iraniana da EDS, uma empresa norte-americana de sistemas de processamento de dados, são detidos numa prisão de alta segurança de Teerão. Quando Ross Perot, o fundador e presidente da empresa em Dallas, sabe do que se passa, decide salvar as vidas dos seus dois colaboradores a qualquer custo. Enquanto os advogados da companhia procuram uma forma de pagar o resgate de 13 milhões de dólares, ele recruta uma equipa de voluntárias de entre os seus executivos, liderada por um oficial reformado que é uma verdadeira lenda viva do Exército norte-americano. É uma missão heroica, extremamente delicada e perigosa, e o desenlace, imprevisível. Foi o próprio Ross Perot quem contactou ken Follett para escrever este livro, e o resultado foi esta história extraordinária onde a aventura, o suspense e o desespero são absolutamente reais.”
Enviar um comentário