27/05/2008

A Semana da Leitura na Viriato

A última semana do 2º Período foi inteiramente dedicada ao bom vício de ler – para os que já não se lembram, a Semana da Leitura chegou à nossa escola com o objectivo de incentivar o gosto pelos livros.
Entre as várias iniciativas conta-se, p.e., a árvore dos livros (no polivalente) onde se podia deixar a nossa opinião sobre a leitura.

Apesar da Semana da Leitura já ter passado, ainda não é tarde para (re) lembrar as inúmeras razões para se ler regularmente. Qualquer um de nós será, nos dias que correm, uma pessoa ocupada. Mas entre as nossas (muitas) actividades, haverá, com certeza, um tempo livre, que poderá ser ocupado a ler.

E porquê ler?

Ler, para além de todas as razões que já conhecemos, alarga os nossos horizontes. Ler enriquece o nosso vocabulário – o que faz com que sejamos capazes de nos expressar, de conversar, de opinar, dizendo exactamente o que queremos – e quem é que nunca se viu a tentar encontrar a palavra certa no meio de uma conversa, sem que essa palavra surgisse?

Ler pode ajudar-nos a descobrir uma nova visão do que nos rodeia. Quando nos envolvemos com um livro, experimentamos sensações novas. Embrenhamo-nos na história, sentimos as personagens, ansiamos por mais um capítulo – eis o que um bom livro nos pode fazer! Descobrir, explorar e sentir um novo livro é uma aventura, qualquer que seja o tipo de história.

Isto parece absurdo para algumas pessoas, mas ler pode ser uma experiência empolgante, se realmente LERMOS o livro e não apenas se o olharmos.

Para muitas pessoas, só a visão de um livro com 100 páginas as faz desistir de qualquer intenção de o ler – mas se realmente começarem a folheá-lo pouco a pouco, se a história vos cativar, se ficarem viciados naquele livro, verão que 100 páginas vos parecerão insuficientes!

E depois, aquele livro irá marcar-vos … Vai fazer-vos pensar e reflectir … Quem sabe, poderá dar-vos um modo diferente de ver o mundo . Poderá dar-vos um novo modo de sentir, de olhar, de falar, de criar … Se realmente quiserem, um livro poderá ser um guia, um amigo, um companheiro … Para isso, basta pegarem num livro que vos pareça interessante, abrirem-no e tentarem seguir a sua história. Um dia, quando tiverem tempo, olhem à vossa volta e procurem um livro. E pode ser que esse livro leve a outro, e outro … E depois será como se estivessem a construir mais um pouco de vocês, pois o que descobrirem num livro irá fazer parte da vossa vida. Esse é o objectivo de iniciativas como a Semana da Leitura, por isso esperemos que sejam mais frequentes – para que mais pessoas possam descobrir-se num livro.

Autora: Mariana R. nº 15 8º E 09/05/08
Enviar um comentário