17/03/2014

LIVROS NOVOS - MARÇO IV

- “ A Inesperada” – Oksa Pollock – Anne Plichota / Cendrine Wolf
“ Com treze anos de idade, Oksa descobre, para seu grande espanto, que tem poderes especiais. Fenómenos estranhíssimos começam a acontecer no seu quarto depois do primeiro dia de aulas no colégio novo, em londres. Nessa mesma noite, surge uma misteriosa marca no seu corpo… e Oksa decide contar à avó, a excêntrica e poderosa Dragomira, o que se está a passar. É então que lhe é revelado o grande segredo das origens da família Pollock e a incrível missão que, apesar da sua pouca idade, lhe está destinada! A família Pollock vem de Edéfia, um mundo invisível oculto algures no planeta Terra, que começou por ser uma sociedade utópica, quase perfeita. Entretanto deu-se o Grande Caos, houve um combate violento e parte dos habitantes daquele mundo mágico veio viver entre os humanos, incluindo Ocious, que é extremamente ambicioso e deseja tornar-se o senhor de Edéfia e de todo o resto do mundo. E é sobre os jovens ombros de Oksa que recai agora a responsabilidade de salvar o seu povo. Ela é a sua última esperança…”

- “ O Labirinto de Sombra” – Ulysses Moore
“ Anita, Jason e Rick decidem ultrapassar a soleira da Porta do Tempo da Terra Que Morre e encontram-se num mundo subterrâneo, escuro e inóspito.
Inicia-se deste modo uma extenuante descida às vísceras da Terra, até ao próprio coração de todos os lugares imaginários. O Labirinto. É aqui que se esconde a chave do mistério dos construtores de portas, mas não só: nos seus meandros espera-os um terrível perigo.
Entretanto Tommaso e Julia procuram fazer malograr a ameaça dos Incendiários, que já chegaram às portas de Kilmore Kove.”

- “ O Caderno do Avô Heinrich” – Conceição Dinis Tomé (2 exemplares)

“ Heinrich e Jósef conheceram-se na Polónia, no início da Segunda Guerra Mundial. Heinrich tinha chegado da Alemanha e sentia-se muito só. Felizmente, depressa se tornaram o melhor amigo um do outro. Naquele tempo, o homem que tinha subido ao poder na Alemanha resolveu que iria dominar o mundo e perseguir todos aqueles que considerava serem de raças inferiores, como os judeus ou os ciganos, e também todas as pessoas que lhe opusessem resistência. Esse homem chamava-se Adolf Hitler. Fez milhões de vítimas, um verdadeiro extermínio que ficou conhecido como o Holocausto. Esta história, escrita com grande sensibilidade, conta-nos como Heinrich, o rapaz alemão, e o seu amigo judeu, Jósef, conseguiram manter a sua amizade, provando que o afeto e a solidariedade são mais fortes que o horror da guerra e da própria morte. A autora mostra-nos ainda como amor pelos livros e pela leitura, e a capacidade humana de criar e apreciar a beleza são importantes para promover a paz entre os povos.”
Enviar um comentário